Animadores de Torcida.

Imagem

Nos últimos tempos temos visto “grandes vultos” aparecerem no meio dito “gospel” e realizarem grandes apresentações não só nas pregações da palavra e preleção de estudos, mas muito mais em apresentação musical em que milhões de pessoas são levadas a assistir estes shows e os “cultos” que os dito “grandes vultos” se apresentam.

Alguns tem demonstrado que são estrelas nato e se comportam como tal aparentam aquilo que se designaram a fazer, com limousines, bonequinhos, fitinhas, camisetas, só falta criarem alguns nichos e colocarem para venda e assim completar a idolatria da qual o “povo” que guiados e ensinados por cegos são enredados por suas concupiscências e se deslumbram com as luzes e brilhos característicos de obra humana a qual se dá em interesse humano pelos olhos ofuscados das luzes do palco esquecendo de quem são e o que devem ser sobre a terra, até os mais velhos dentro da igreja se deixam levar pelas plumas e paetês que caracterizam vestimentas de adorno para a noite esta que se diz trevas envoltos na escuridão esquecem de quem é a luz do mundo de quem um dia receberam esta luz, mas devido aos ensinos que somente geram uma identidade denominacional causa a cegueira espiritual dos que deveriam estar iluminando a terra com suas almas cheias da presença do Espirito Santo e estar exercendo o ministério de todos os santos os quais foram chamados não para apenas serem ovelhas, mas para o tempo oportuno de manifestar o Pai por onde andarem assim como fez Paulo e os pais da igreja.

Assim outros se enrolam em um “manto” de santidade onde suas atitudes e ministrações são totalmente inquestionáveis quase que “inerrantes” como “papas” evangélicos carregados de “infabilidade” detratam a todos os que seriam pensadores livres ou que contrariem suas “teologias” as quais em sua maioria são questionáveis e onde incendeiam a torcida com fogo estranho causando um delírio emocional evocado por frases de efeito e gestos ensaiados que defronte os espelhos são ensaiados para que sejam convincentes, assim com seus ternos e roupas caríssimas cabelos bem aparados e aspecto de respeito chegam com seus carrões e guarda costas exalando o cheiro misturado de óleo de unção com perfumes de grife fazem seus discursos carregados de jargões criando uma linhagem de pregadores que imitam estes “grandes vultos” avalizando-os e impregnando de suas doutrinas humanas que afrontam a sã doutrina bíblica de misericórdia, amor e perdão, onde ensinam a fugir do inferno se resguardando no Senhor e não o demonstrar que Ele é quem dá o escape e por amor à Ele o faz e não por simples desejo de dar escape, mas por uma infinita misericórdia que é atrelada a sua santidade e toda a sua pessoa que como pai anseia pelo retorno do filho que estava perdido, esta ânsia por uma casa cheia de filhos que por amor demonstram a quem estão filiados e não por medo de ir ao inferno, mas descobriram que em amor o Pai os chama ao arrependimento para se tornarem e serem sal e luz sobre a terra que seca está sedenta pela manifestação destes filhos para que assim usem o dom de brotar vidas e fazer florescer a restauração e o renovo do Senhor sobre a terra.

Apenas poucos se deixam ser levados pelos vento do Espirito e chegam a respirar novos ares que cheios de unção e Paz do Senhor podem ser tratados e restaurados de suas vãs filosofias, muitas vezes vemos que certas características se impregnaram no meio evangélico e assim trazendo doutrinas arraigadas por simples tradição e não pelo valor teológico e centrado na pessoa de Cristo, mas em coisas que apenas são para caracterizar uma denominação.

Fugiram da singeleza do evangelho buscaram em academias uma linguagem rebuscada e que muitas vezes o pequenino não consegue alcançar tal pensamento, pois não conhece tais palavras assim fazem a mesma coisa que as religiões antigas deixam Deus longe do povo e se interpõem como pontífices para junto à “Deus” para serem os “intercessores” para os homens cobrando assim pequena monta em troca de “grandes favores” isto que Lutero arriscou sua vida para dar a palavra do Senhor nas mãos dos homens e estes pudessem conhecer e intender que o evangelho de Cristo não necessita de interlocutores treinados e acadêmicos para ter as respostas simples do Pai e que o Espirito Santo quer passar a todo ser humano para que todos tenham conhecimento de Cristo o qual é o único intercessor diante de Deus e a única ponte que liga novamente o homem a Deus sendo este que proporcionou esse escape ao homem não requerendo oferendas nem dotes, muito menos sangue, pois este foi totalmente pago pela provisão divina.

Deus Pai enviou seu filho para que nós ainda pecadores tivéssemos esse grande Vulto a nos guardar como no Salmos 91 que diz “1 Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Onipotente esse descansará.” Não existe nada que possamos fazer para que o Pai nos ame mais do que Ele nos ama. Nossas emoções devem ser tratadas apenas como emoções Papai não quer filhos emocionados e nem deslumbrados, mas quer filhos que raciocinem espiritualmente e sejam conscientes de sua vida espiritual e que precisam ter intimidade com o Pai não para obter bens, mas para ter comunhão e conhecer a voz do pai.

A Ele glória!

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s