Donos da Unção.

Imagem

Certa vez li um livro que narrava grandes coisas que tinha feito o Senhor para com aquela pessoa que escrevera o livro e havia recebido a unção através de imposição de mãos de um personagem famoso e de “grandes feitos”, com musicas profundas de adoração e entrega a Deus, uma pessoa que aparentemente ser cheia do Espirito Santo. Pois bem, como era uma pessoa conhecida no meio “gospel” e até certo ponto de fácil acesso tive a oportunidade de conhecer pessoalmente e conversar com esse “grande vulto” e num dia em que o Senhor estava no meio da congregação e havia uma unção de adoração, eu fui até este “irmão” e comentei sobre tal livro e sobre a unção e como sempre faço não dou muita ênfase nas qualidades da pessoa e sim apenas daquilo que Deus faz a resposta para tal pergunta foi “fica por ai que vamos ministrar”, como se a unção tivesse dono fique com a “pulga atrás da orelha”, respondi Ok obrigado “irmão” assim terminou o dia e fomos atrás dos afazeres de nosso labor, meses depois, “boom” o irmão estava em pecado, pois a maioria de seus testemunhos eram apenas recortes de testemunhos alheios de outras pessoas e algumas coisas inventadas apenas para se engrandecer sobre outros. (Por enquanto o Senhor e sua misericórdia tem deixado com vida este personagem, mas até quando.)

Varias vezes vi em minha pequena vida cristã, acontecimentos parecidos com os chamados “homens de Deus” que são ungidos e tal, mas elevam a suas unções como se fossem donos desta tal “unção” e como se estivessem comprado a tal unção através de seus jejuns e horas de oração colocando-se em um patamar acima dos outros tanto em santidade e como pessoa especial, Papai nos trata de forma a nos deixar como se fossemos a última bolacha do pacote e uns creem nisso de forma errônea e acabam se excedendo sobre outros irmãos, porém vejo que isto tem atrapalhado alguns de andar com o Senhor, outros se sentem constrangidos por não serem tão “santos” diante de alguns “grandes vultos” O Senhor tem nos dado de sua graça e isto com revelações tão profundas de sua misericórdia, para darmos e não vendermos estas revelações, mas para que possamos compartilhar com a nação e com todos, uns invocam sobre seus ministérios até as questões sobre direitos autorais, ora se, se é revelação de Deus para o homem isto com certeza é para o crescimento da igreja e não para engrandecimento do bolso.

Mas voltando ao ponto anterior em que estes donos não querem compartilhar em secreto ou de modo a não serem ovacionados em suas pregações ou performance na adoração, mas apenas demonstrar que Deus (o todo poderoso os usa) como se isso acontecesse apenas com certos indivíduos e não fosse dom gratuito de Deus para com a igreja em geral, sei que cada um recebe ministérios da parte de Deus e funções especificas para exercerem a sua obra, mas não existe ninguém maior ou menor no Reino e Jesus fala em  Mateus “Portanto, aquele que se tornar humilde como este menino, esse é o maior no reino dos céus.” (Mat. 18:4 ACF)  “O maior dentre vós será vosso servo.” (Mat. 23:11 ACF), e ainda tem gente querendo ser maior vemos que estes apenas recebem aquilo que lhes é dado, Papai tem podado alguns ministérios neste dias, mostrado que são pequenos e sem a glória de Deus não brilham e também não exercem autoridade, portanto os donos da unção apenas passarão pelas suas gerações e ninguém se lembrará deles apenas dos feitos com que o Senhor usou para com aqueles que receberam dEle, a misericórdia do Senhor é tão imensa que não temos palavras para descrever essa grandiosidade, mas irão dizer, mas e Ananias e Safira? Sim e estes dois que foram mortos por Deus, ora o simples fato é que eles ignoraram a onipresença e onisciência de Deus Pai e pecaram contra o Espirito Santo e foram fulminados e naquele lugar tinha uma testemunha do Senhor para reivindicar a glória de Deus, não para defendê-Lo, mas sim para que se cumprisse o mandamento do Senhor a boca profética que agiu em conformidade com que o Espirito Santo atuava.

Essa religiosidade dos donos da unção que não a liberam para que a igreja cresça do mesmo modo atrofiam suas vidas é como se recebessem músculos, mas não usam assim são atrofiados em suas unções e em seus ensinos e não sobem nas alturas que o Pai deseja que subissem, pois apenas como uma arvore rasgam o céu e levantam seus galhos e não olham os pequenos que não conseguem tocá-los e pegar seus frutos e que precisariam desta unção de capacitação para exercer seus ministérios também apenas se abraçam em suas corruptelas e se abençoam mutuamente deixando de lado os necessitados. A demonstração de amor não é e nunca será sinônimo de fraqueza e nem de impunidade, pois como aquele que é coberto pelo amor do Papai que nos ensinou que devemos amar e isso implica não apenas darmos de beber e comer, mas cobrirmos o que pela sua sandice a si mesmo se despe. Mesmo que isso pareça apenas uma retorica que de um inconformado não é apenas isto, mas é o chamado ao arrependimento para um novo começo, já que nós humanos adoramos um “fim e um começo” de eras e tudo mais o tempo é contínuo e não para apenas nos logramos no direito de fragmenta-lo em partes par que nossa vã existência tenha mais alguma razão além de ser filho de Deus. Hoje não há mais espaço para estrelas em meio ao Reino de Deus existe apenas a Estrela da Manhã o derramar do Senhor não será mais sobre um ungido, mas sobre a Igreja nestes tempos é que veremos quem deseja ser servo uns dos outros ou apenas “superstar’s” sem compromisso com a obra tipo “limpar o banheiro não é para mim” todos somos filhos todos temos labores específicos, mas o trivial é de todos.

É uma vida em comunidade “comunismo” onde tudo é de todos e todos são por um em um corpo que é o de Cristo não para fundar uma nova instituição, mas para levar a cabo a verdadeira obra de Cristo ser a Igreja, é ridículo como ainda tem alguns tentando serem estrelas, “EI” o cenário mudou não temos mais tempo de fabricar músicos, atores, falastrões que com suas frases de efeito leva a torcida a fumegar e trazer fogo estranho diante do Senhor, fogo este que apenas é um fogo racional que é o da emoção e não deixam a obra de Deus agir e queimar com verdadeiro fogo e limpar com verdadeira potassa de lavandeiro para limpar os que se achegam ao Senhor apenas levam estas vítimas a se embriagarem em vinhos batizados e não experimentam da verdadeira fonte que jorra vidas.

Este é o tempo dos donos da unção deixarem o picadeiro, pois o Senhor não quer mais entretenimento no meio da congregação, mas quer ver a atuação de obra que restaura, conforta, e transforma o homem em nova criatura, e este segue a propagar o Amor do qual foi contaminado e agora lavado e incendiado por verdadeiro fogo esparrama aos quatro cantos da terra.

Este é o tempo de uma ordem começar assim como na vida secular estão anunciando a nova ordem, está ao contrario da secular é para que os filhos sejam manifestos sobre a terra com sinais maravilhas e prodígios trazendo e esparramando o avivamento da segunda vinda do Senhor que antecede a o grande e temível dia do Senhor, nós estamos no momento crucial da última era da graça da porta que foi posta para que pudéssemos entrar não podemos permitir que a porta se fechasse com tão pouca gentes tenha entrado devemos nos desdobrar na esperança de alcançar mais almas mais irmãos e não é com estrelismo que conseguiremos isto é simples somente em demonstração de amor uns para com os outros é que conhecerão que somos filhos de Deus. “Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros.” João 13: 35. Ora isto é a ação do Pai em meio aos filhos não se podem dar frutos diferentes daqueles que Jesus plantou em nós “Por seus frutos os conhecereis. Porventura colhem-se uvas dos espinheiros, ou figos dos abrolhos?” Mateus 7:16. Assim nós não podemos negar a filiação da qual pertencemos, pois nossos frutos argumentam por nós as ações são o que realmente flui de nosso interior. “O homem bom, do bom tesouro do seu coração tira o bem, e o homem mau, do mau tesouro do seu coração tira o mal, porque da abundância do seu coração fala a boca.” Lucas 6:45. Somos denunciados por nossas ações é a comprovação de tudo que somos de como agimos esta é nossa maior pregação e formos coerentes com a pregação que anunciamos assim será que possam ver a ação de Cristo em nós. Assim fala Paulo se nós não tivermos o Amor nada seremos “Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine.” 1 Coríntios 13:1. Mas parece que há uma espécie de bolha atordoante envolta em os donos da unção que acham que aquilo que ganharam por misericórdia é propriedade exclusiva de suas vãs teorias e é a comprovação de são de Deus, isso é também, mas não são isso que anuncia que eu e você somos filho somente os frutos do espirito é que dão testemunho de quem realmente somos, pois os filhos das trevas também fazem grandes feitos, não foi assim com Moisés no Egito e perceberam que era a mão do Senhor quando perderam o bem mais precioso da época que era o primogênito, quantos primogênitos teremos que perder para aprender que quem é o dono de tudo que somos é o Pai.

Arrepender-se e voltar aos pés do Pai não é fraqueza, mas sim demonstração de franqueza concordando quem é o real dono de todo o poder e de nossas vidas.

Jesus nos ensinou o caminho e ainda escreveu para ninguém esqueça, ou seja, achado desculpável por ignorância, não temos desculpas diante do Pai, pois Ele é conhecedor de nossos corações “SENHOR, tu me sondaste, e me conheces. Tu sabes o meu assentar e o meu levantar; de longe entendes o meu pensamento. Cercas o meu andar, e o meu deitar; e conheces todos os meus caminhos. Não havendo ainda palavra alguma na minha língua, eis que logo, ó SENHOR, tudo conheces. Tu me cercaste por detrás e por diante, e puseste sobre mim a tua mão.“ Salmos 139:1-5.

Tudo está patente diante do Pai, basta apenas concordarmos com Ele e sua misericórdia que a cada manhã se levanta em nosso favor seja mais uma vez derramada sobre nós e nos limpe de nossas imundícias que enegrecem nosso coração, pois Ele nos gerou e Ele nos dá de forma graciosa sua vida para que em nós possamos amar como Ele ama e gerar vidas no próximo. Por isso deixando de lado toda malicia e toda sorte de torpeza cada um faça o que é bom diante do Pai para que o mundo veja de quem realmente somos filhos, nunca é tarde para arrepender-se, e hoje é um dia especial em que o Pai nos dá mais uma vez a oportunidade de que isso seja real em nós, por Cristo com Cristo e em Cristo.

A Ele Glória!

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s