Outro dia, outra reflexão.

efb7d326a1

Assim começo minha reflexão, infelizmente com muito do mesmo, cheio de muito do mesmo, em uma sondagem feita através do mundo musical “gospel” chega-se a ter quase que nojo de tanta porcaria produzida e que gastam muito dinheiro em imprimir “CD’s, DVD’s” para serem jogados fora. Não sei aonde tantos ministérios chegaram à conclusão que seriam chamados para gravarem um álbum com musicas para o “mercado” dito “gospel”, alguns chegam a ser infantis em suas criações muitos e pior alguns não tem nem base de construção musical.

Realmente o mundo glorioso do “business” enche os olhos dos que a bordo da grande terra ficam sonhando com sucesso e fortuna, assim seguem a ermo suas ideias e ideais, e eu me pergunto, será que esse povo realmente ouve Deus? Esse povo realmente faz parte da Igreja do Senhor?

Glória a Deus por que tem muitos também que são chamados e se capacitam para fazerem a obra de Deus corretamente e com alegria.

A fama e fortuna levam o ser humano a sempre querer tê-las estes dois itens que geralmente vem depois de muito trabalho e investimento de tempo e grana, para poder alcançar alguns degraus desta escada que quando se chega ao fim dela tem-se a conclusão de que tudo foi banalidade e cansaço, entregam suas vidas em sonhos que não fazem e nem tentam fazer melhor pegam sempre o jargão de que Deus capacita os seus escolhidos, mas não buscam e não gastam tempo em suas incursões em busca do aprimoramento e melhoramento, estudando e realmente pondo suas energias em fazer direito.

A capacitação muitas vezes deve e tem um determinado tempo para ser concluído de estudos e aprendizado, exemplo disso é Moisés que passou mais da metade de sua vida sendo preparado para ser o guia do povo para a terra prometida, e o engraçado é que Deus o treinou justamente através do inimigo, dando a melhor escola da época na casa do Faraó, outros foram treinados em locais que eram a própria casa do Senhor exemplo é Samuel que ainda teve que substituir seu mestre que era complacente e desleixado com seus filhos assim provocando a ira do Senhor sobre sua casa, mas como um servo bom e fiel aprendeu “in loco” o que não deveria fazer quando estivesse à frente da congregação. Outros somente desejam colocar suas mesinhas no fundo de uma determinada “igreja” e vender seus “trabalhos”, alias as mesinhas no fundo das denominações hoje é item primordial nas igrejas, as que não vendem CD’s e DVD’s, camisetas, toalhinhas, é quase um bazar, não estou falando que isso é ruim ou que isso não possa existir, mas devemos ter pelo menos um pouco de discernimento do que fazemos.

Alguns vivem e comem do altar, os que são empregados da igreja, ou melhor, são ministros de Deus e estão à disposição do corpo de Cristo, tanto como zeladores da casa do Senhor devem ter vidas que dignificam ao Senhor não podem de modo algum ser mentirosos, caluniadores, preguiçosos, e etc… Não podem subir no altar com rixas mal resolvidas devem estar em plena forma e comunhão com a igreja, (isso significa que devem estar bem com todos). Isso é um dos maiores problemas no meio eclesiástico a falta de perdão e reconciliação, uns por que não aceitam a repreensão, outros por que não querem perdoar e assim o altar do Senhor fica contaminado com o mundo e com a ardileza de satanás que toma proveito das brechas deixadas e abandonadas pelo caminho. Sobram alguns que fazem o serviço de forma relaxada e espúria sem o devido trato que as coisas do Senhor necessitam que sejam tratadas, na verdade vejo tantas coisas que necessitam de concerto que acho quase impossível acontecer um avivamento no meio evangélico hoje, é mais fácil concertar outros do que os ditos “protestantes”.

Que infelizmente cada dia produzem mais e mais heresias e tiram a coroa de Cristo para dar aos homens e a ensinos espúrios, isso é quase que maioria, chega a ser difícil dizer que tal denominação está andando de forma verdadeira nos ensinos bíblicos, mas ainda há esperança e humanidade ainda tem o Espirito Santo que trata e ensina alguns que ainda deixam que Ele faça seu trabalho e aceitam seus ensinos.

Outro item que vejo em alguns trabalhos é a falta da unção, parece que somente a condição de um musico de qualidade chega para ter um trabalho para ser consumido pelo publico “gospel”, apesar, que muitos nem percebem a diferença entre um e outro, parece que seu dom é somente para “ganhar a vida” e no mundo dito “gospel” o trabalho deve primordialmente render graças ao Senhor e em segundo sustentar aquele que produz a obra, a ideia de mordomia cristã não passa nem perto dos “ídolos”. Mas enfadonho é o caminho do profeta que sempre tem que chamar a atenção de todos reconciliarem com o Senhor e alguns ainda compreende que está tudo certo, que se a igreja se entrega na adoração está tudo bem, mas não é bem assim, a igreja se entrega na adoração por que o Senhor é quem toca a igreja e não a musica dos “adoradores”, até mesmo pregadores acreditam que sua pregação é que teve efeito sobre o povo e não a graça e o favor imerecido da parte de Nosso Senhor, a bíblia afirma que o Espirito Santo é que faz isto “E, quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, e da justiça e do juízo.” João 16:8. Mas alguns ainda acreditam que suas pregações é que repercutem nas pessoas, assim também alguns músicos tem a mesma crença. Outros acreditam que um pregador ou musico que há muito tempo serve ao Senhor tem total capacidade de ministrar mesmo estando ou tendo uma vida em pecado, erros que a maioria comete isso não quer dizer que eu que escrevo esta reflexão também não tenha erros, mas é verdadeiro afirmar que se eu sou chamado para trazer uma palavra de repreensão ela deva ser intendida de forma correta que não é para detrimento, mas sim para crescimento do Reino, pois onde esta o erro o inimigo pode agir.

Santidade não é para simplesmente achar que é um ser superior aos outros e sim para ter uma vida em amor e proximidade com Deus, da qual Ele nos elegeu justamente para ser assim filhos e viver próximos dEle.

Para concluir, devemos buscar os dons que Deus tem para nós, alguns gostam de cantar e o Senhor não nos podará desde que tudo isso seja para sua glória participando de sua mesa de forma verdadeira procurando no Senhor ser santo e irrepreensível para a glória de Deus Pai. Tudo é dado de forma gratuita por parte de Deus desde que o façamos em Cristo, busquemos nos aprimorar em tudo que formos fazer, se pregamos estudemos, se cantamos estudemos, se tocamos estudemos tudo que viermos a fazer seja com excelência para o Senhor.

A Ele Glória!

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s