Preocupações!

preocupado2
Preocupações com o porvir…. O que virá???? A ansiedade que assola a modernidade, as doenças da mente, e estas morrem diariamente com as suas desilusões com suas metas não alcançadas, e decepcionada com o mundo, traça uma linha de morte e tristeza no ser humano, sendo isso a causa de alcoolismo, drogadição, e outras fugas das quais o homem de diornes está se acostumando com essa destruição.

A partir destas desilusões e montados em novas e velhas teorias de destruição do mundo ou da humanidade seguem os cavaleiros libertários que com suas varinhas de condão trazem uma linguagem da qual promovem-se a si próprios e promovem a comoção do próximo e assim conquistando uma fatia de expectadores que procuram invariavelmente uma fuga para a terrível destruição, estes vem como se fossem os arautos do apocalipse trazendo no coração do homem ainda mais medo para que com essa preocupação busque sua “salvação”. Desesperado e ansioso busca sem ver a armadilha que os locutores do engano promovem em suas mentes alienadas com pequenas coisas materiais que mais nada querem a não ser o deleite de suas paixões carnais que querem sentir o êxtase com a descarga da adrenalina de sua mente desequilibrada que anseia por mais…. Só estes cavaleiros veem o seu futuro as conquistas que podem receber das celebres “pregações que se assemelham a contos de terror, assim achando em suas mentes cauterizadas pela lamentável falta de restauração e pela paixão que eterniza em sua carne a finitude de suas ações e mostram a verdadeira face destes cavaleiros apocalípticos. Onde deveria ter a proclamação do evangelho vemos apenas receitas para que faça você mesmo a sua própria salvação “é só colocar umas gotas deste preparado e depois trazer um grande envelope com sua súplica e sua dor e aquilo que te causa dano tudo isso acompanhado com uma boa soma em dinheiro não pouco, mas uma quantia que vai mover os céus” assim promovem a sua terrível doutrina de valores firmados na premissa da derrota espiritual que causou sua pobreza, mas somente a cura poderá brotar em corações que conheceram a verdade das escrituras, e não em rituais, pois o ritualismo não promove o relacionamento e sim é como ir ao bar e pedir um “drink” o “barman” apenas mistura umas bebidas você bebe e vai embora, não há nessas fabulas intrínsecas a pregação moderna o desejo do relacionar-se com o criador.

Mas mesmo assim arrebanham milhares que como estes cegos e nus andam os zumbis embandeirados com suas bandeiras coloridas que discutem suas cores e o pano das suas bandeiras sem jamais terem conhecido o retrato do Leão que estampado está nestas flamulas que tremulam ao vento, assim como suas mentes desvairadas e preocupadas com o amanhã, “que haveremos de comer ou de vestir” dizem eles aquele que me deu está bandeira como e veste bem, sim ele tem o conhecer do amanhã, pois trouxe até nós essa estória da destruição do domínio do mal sobre a terra. Assim os cavaleiros dominam as mentes que alienadas seguem seus lideres apocalípticos para buscarem a “salvação”.

A sinceridade foi estuprada em nossos dias não há mais os profetas em nossas praças, estes foram calados pelos donos das bandeiras apocalípticas que se deliciam com os regalos que Mamonn trouxe-lhes por causa de seus pactos.

Onde haverá humanos dispostos a não tirar proveito do próprio irmão? Ignorantes do evangelho seguem em suas receitas magicas e como numa fabula acham que através do medo promoveram a “santidade, comprometimento, e a entrega do ser humano”, mas Jesus em sua palavra Ele diz que Ele lança fora todo medo. Em seus belíssimos púlpitos lançam suas “pregações” bem estudadas e buscam em um vocabulário rebuscado que demonstra apenas academicismo e denotam a culpa da falta da intimidade com o dono da Palavra.

No passado os que antecederam a reforma promoviam o evangelho de modo muito vergonhoso hediondo suas trovas e seus discursos eram apenas sobre seus temores “demônios, fim do mundo, a destruição” apenas dominavam sobre os coitadinhos e pobres de espíritos dos quais eram desprovidos de conhecer a palavra salvadora, hoje parece que a reencarnação do mal através destes palestrantes do medo trouxe ao centro da pregação o medo e a ameaça da destruição, abandonando a palavra de salvação e do amor que habita em Deus, o conhecimento de que somos por Cristo filhos de Deus, é deixado para dar lugar a vãs filosofias que apenas sustentam o medo e falta conhecimento.

Hoje o Senhor quer nos trazer o conhecimento de que somos filhos e por causa dessa qualificação que Ele nos insere em Si mesmo para que através de sua promoção e inserção no Reino de Deus promovamos a liberdade de andar em amor para sua glória e em santidade porque Lhe agradável, santificados por ser amado e não por medo do inferno, fazendo o bem por que Ele nos amou primeiro, cumprindo seu mandamento por amor e não por medo do porvir, quando o ser humano tem o privilégio de ter a experiência de o amor divino entrar em seu coração este sim terá a plena certeza do seu amanhã e a única preocupação com o porvir será apenas em como ajudar a meu irmão, e não apenas em bens materiais.

Jesus nos ama com amor eterno sua obra é desde a eternidade para nós o socorro bem presente na tribulação. Muitas vezes esquecemos que o Senhor é e após Ele não há outro, mas a sua Alegria o Espirito Santo nos faz lembrar-se de seu amor e o amanhã, este espere que amanhã estarei lá, e com Ele na eternidade e pelos séculos dos séculos Amém.

A Ele glória!

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s